MEL.


"O MEL, na legislação brasileira, é definido como produto alimentício produzido pelas abelhas melíferas, a partir do néctar das flores ou das secreções procedentes de partes vivas das plantas, que as abelhas recolhem, transformam, combinam com substâncias específicas próprias, armazenam e deixam madurar nos favos da colméia"

Este alimento natural pode ajudar a cuidar da saúde e do bom funcionamento do nosso organismo. Ele facilita a digestão dos alimentos, regula o intestino e ativa o apetite.
Aumenta o teor de hemoglobina no sangue, auxilia o tratamento de doenças do coração e pulmonares. Pode ser utilizado também no tratamento de infecções bucais, como dor de garganta, no combate a anemia, e age como diurético. A frutose, existente na composição do mel combate à ressaca, a fadiga e repõe as energias.


Compositores básicos do mel:
*Açúcares
*Proteínas
*Enzimas
*Ácidos orgânicos
*Minerais
*Vitaminas B1, B2, B3, B5, B6, B8, B9, C e D

Ao contrário do açúcar refinado, utilizado como adoçante mas que facilita o acumular de gorduras, o mel ajuda a eliminar as toxinas favorecendo a digestão. Além disso:


- É um óptimo revigorante para pessoas cansadas e nervosas.

- É bom na prevenção e combate de gripes e constipações.

- O efeito expectorante combatendo a tosse, inclusive a de indivíduos fumadores.

- É bactericida, anti-séptico, anti-reumático, vasodilatador, diurético e digestivo, ajudando no tratamento de gastrites.

- O mel aumenta o nível de antioxidantes no sangue.

- É um óptimo hidratante, servindo para limpar e nutrir a pele.

- É óptimo na revitalização do cabelo, mantendo-o sadio.

- Mastigar o favo de mel é excelente para o tratamento da sinusite e rinite.

- O mel é recomendado nos casos de incontinência urinária nocturna das crianças.

- A ingestão de mel é recomendada com sucesso para cãibras.

- É um óptimo tonificante (tonifica e rejuvenesce a pele e os músculos, anti-espasmódico, sedativo, etc.).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...